Paraná

Direitos Humanos

Ocupação Nova Esperança completa quatro anos de luta e resistência

Comunidade em Campo Magro comemora com atividades culturais e costela de chão

Curitiba (PR) |
Hoje, já somam mais de 1.200 famílias na Nova Esperança, em busca dos mesmos sonhos e driblando as mesmas adversidades - Giorgia Prates

Neste sábado (22) a ocupação Nova Esperança, localizada no centro de Campo Magro, comemora quatro anos de existência. O evento celebrará a luta e resistência da comunidade com atividades festivas ao longo de todo o dia.

A festa começará às 13h30 e, como é tradição, haverá costela de chão assada e distribuída gratuitamente para todos os moradores e apoiadores. Além disso, a programação inclui bingo, quadrilha e outras apresentações culturais.

A ocupação Nova Esperança surgiu em maio de 2020, quando cerca de 400 pessoas ocuparam um terreno que estava abandonado há mais de uma década. Atualmente, a comunidade é modelo de preservação ambiental, com mais de mil fossas ecológicas e o cuidado com o meio ambiente. 

Além disso, a comunidade possui espaços coletivos  que promovem diversos projetos para os moradores, como a cozinha comunitária, biblioteca, salas de aula para atividades com as crianças, cursos e reuniões, além de um barracão de atividades esportivas e cursos de artes marciais.

Após mais de três anos de disputas com o município de Campo Magro, o governo do Paraná e a Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), a ocupação já não enfrenta ameaça de reintegração de posse e iniciou o processo de regularização do território.

Serviço:

Comemoração de 4 anos da Comunidade Nova Esperança

Data: 22 de junho de 2024

Horário: a partir de 13h30

Local: Ocupação Nova Esperança, Campo Magro

 

Edição: Mayala Fernandes