Paraná

SERVIÇO PÚBLICO

Diante de proposta de aumento de prefeito e vereadores, servidores de Balsa Nova (PR) convocam ato por aumento real

Câmara de Vereadores recusa aumento aos servidores e propõe reajustar salário do executivo, legislativo e secretariado

Curitiba (PR) |
Servidores públicos já haviam se mobilizado na cidade, em 2021 - Divulgação

Servidores públicos da cidade de Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba, estão convocando ato de protesto em frente à Câmara de vereadores local. A manifestação, com convocatória ampla, para a sociedade, está agendada para o dia 20 (segunda), às 17h30.

No 13 de maio, tramitou na Câmara um projeto de lei que aumenta o salário do prefeito em 22%, do vice-prefeito (35%), vereadores (5%), presidente da Câmara (5%) e secretariado (26%). O detalhe é que o executivo municipal se recusa em negociar com servidores públicos.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Balsa Nova (SindiBalsa), durante negociação coletiva deste ano, o prefeito disponibilizou apenas o reajuste da inflação (4,6%) e alegou que a folha salarial do município estava inchada. “Mesmo assim, conseguimos o vale-alimentação de 300 para 600 reais e deixamos acertadas novas conversas, o que não aconteceu”, explicou o presidente do SindiBalsa, Jeferson Cochinski.

Em suas páginas, a prefeitura local não publicou nenhuma nota oficial sobre o assunto.

Serviço:

Protesto dos Servidores Municipais de Balsa Nova
Local: Câmara de Vereadores de Balsa Nova (Av. Brasil, 647 – Centro).  
Hora: 17h30
Data: 20 de maio de 2024
Contato: 41 99612-5028 (Jeferson Cochinski).

Edição: Pedro Carrano